DESIGN: MICHAEL ANDERSEN
TEXTO: TIAGO KRUSSE

 

O produto chama-se Kork, foi criado pelo designer industrial Michael Andersen e tem uma função que vai para lá do simples efeito de envolver o iPad. Estamos perante uma nova proposta de acessório para o produto da Apple, todo ele produzido com matéria-prima e engenho nacional. O molde que dá origem ao Kork foi pensado ao pormenor, tendo em conta comprimento, largura e espessura do iPad mas revela sobretudo uma preocupação pormenorizada ao garantir um acesso óptimo aos botões de comando e à existência das aberturas cirúrgicas para todas as portas do aparelho. Há no trabalho do designer Michael Andersen a ideia clara de que o seu produto jamais poderia interferir ou retirar qualidades funcionais ao iPad. A leveza e resistência da matéria-prima utilizada complementam os objetivos de conforto e de protecção. O iPad fica com um toque mais agradável ao tacto e resguarda-se dos inevitáveis riscos a que o alumínio se encontra sujeito. A característica isolante térmica da matéria-prima é também uma mais-valia para o utilizador, que poderá funcionar com o aparelho durante longos períodos de tempo sem nunca sentir nas mãos o desconforto do aquecimento que é normal no iPad. A envoltura também permite que possamos colocar o aparelho noutro tipo de posições, como por exemplo encostado ao rebordo de uma mesa ou sobre um suporte ficando com a garantia que ele não deslizará com tanta facilidade.

Referências finais para o facto da cortiça ser natural e reciclada, permitindo depois do fim do uso útil do Kork uma nova reciclagem. Este trabalho de Michael Andersen está muito para além do mero objecto decorativo e Kork evidencia de forma intuitiva as suas características sem nunca comprometer o bom desempenho do iPad.